Escola Dominical : das 09h00 às 10h15                       Cultos Dominicais: às 10h30 e 18h00                           Reunião de Oração : quartas-feiras, a partir das 20h00
Acesso Rápido
(Localize o que deseja em nossa página clicando nos links abaixo)

Primeira Igreja Presbiteriana
Independente de Osasco


Meditações da Semana
(para ver meditações anteriores, clique no link "Liturgias e Outros" no menu lateral)
Jesus, nossa paz

A essência da mensagem da Palavra de Deus é apresentar a missão de Jesus, de salvação e de libertação que leva os seres humanos a reconciliar-se com Deus e à descoberta da verdadeira felicidade. Esse projeto de Deus tem o rosto de Jesus de Nazaré, que veio ao encontro dos seres humanos para apresentar aos prisioneiros e aos que jazem na escravidão uma proposta de vida nova e de liberdade, um mundo novo, onde os marginalizados e oprimidos têm lugar e onde os que sofrem encontram a dignidade e a felicidade.
Este é um anúncio de alegria e de salvação, que faz rejubilar todos os que reconhecem e aceitam Jesus, Emanuel, o Deus conosco, que vem ao nosso encontro para nos dar a salvação. É um convite para acolher de braços abertos a proposta que Ele traz e a deixar-se transformar por ela.
O texto de Miquéias 5 sugere que este mundo novo que Jesus veio propor é um dom do amor de Deus.  Jesus é “a Paz”: Ele veio mostrar a proposta de um “reino” de paz e de amor, não construído com a força das armas, mas construído e acolhido nos corações das pessoas.  Eis o que diz o Senhor: “De ti, Belém Efrata, pequena entre as cidades de Judá, de ti sairá aquele que há de reinar sobre Israel”.
As suas origens remontam aos tempos de outrora, aos dias mais antigos. Por isso Deus os abandonará até à altura em que der à luz aquela que há de ser mãe. Então, voltará para os filhos de Israel o resto dos seus irmãos. Ele se levantará para apascentar o seu rebanho pelo poder do Senhor, pelo nome glorioso do Senhor, seu Deus. Viver-se-á em segurança, porque ele será exaltado até aos confins da terra. Ele será a paz -  define o conteúdo concreto desta esperança.
As Escrituras mostram que a missão libertadora de Jesus visa ao estabelecimento de uma relação de comunhão e de proximidade entre Deus e as pessoas. É necessário que as pessoas acolham esta proposta com disponibilidade e obediência - à imagem de Jesus Cristo - num “sim” total ao projeto “pacificador” de Deus.

Oração: Pai, aceitamos a paz que o Senhor oferece a nós, por Jesus. Que neste Natal muitos acolham e aceitem em seus corações a Jesus, o Príncipe da Paz. Amém.